Social Hangover

ūüĆź Translation in progress

Pessoas neurodivergentes enfrentam uma s√©rie de dificuldades sociais, como por exemplo a falta de acessibilidade em locais p√ļblicos e a imposi√ß√£o de normas neurot√≠picas e capacitistas enquanto h√° tentativas de se encaixar na sociedade.

Consequentemente, grande parte dessas pessoas experimentam o que √© chamado de ‚Äúressaca social‚ÄĚ, um esgotamento cognitivo causado por recorrentes situa√ß√Ķes sociais que desgastam a energia para interagir socialmente.

A ressaca social pode ser causada tanto por experiências sociais simples quanto pelas que geram grandes estímulos sensoriais e com maior quantidade de pessoas, sendo ou não presenciais ou frequentes. Embora seja comum, nem sempre pessoas neurodivergentes passarão por essa ressaca após eventos sociais.

Nesse tipo de ressaca, o corpo compreende um esgotamento diante de uma situação social e tenta obrigar um descanso através da sensação de enfermidade. Ela se manifesta de diversas formas, incluindo irritabilidade, sensação de extremo cansaço físico e mental, perda de interesse em encontros sociais, dores de cabeça ou dores físicas, febre, ansiedade e uma possível intensificação temporária da sensibilidade sensorial. Tais sintomas, sendo muitas vezes comuns em viroses, dificultam algumas pessoas a compreenderem o que está acontecendo.

√Č de extrema import√Ęncia que as pessoas mais expostas √† ressaca social busquem respeitar seus pr√≥prios limites e vontades, para que assim previnam o desconforto que a ressaca social pode causar. O apoio e sensibilidade das pessoas ao redor tamb√©m √© essencial, contribuindo para o descanso e recupera√ß√£o durante esses per√≠odos.


Referências: