Transmasc and Gender Norms

ūüĆź Translation in progress

Estar dentro das normas de gênero significa seguir um grupo de regras e/ou suprir expectativas de como determinado gênero deve se portar, em um contexto definido pela sociedade, por determinada cultura ou comunidade. Isto é, se alguém se identifica como mulher ou como homem, há um conjunto de comportamentos e até um dress-code que estabelecem como essas pessoas devem agir.

Mesmo pessoas que não se identificam com as identidades dentro da binaridade de gênero são afetadas por essas expectativas, visto que há o subjugamento de que tode não-binárie performa sua identidade de maneira andrógina.

Se essa lista não é cumprida ou correspondida, esta pessoa, sua identidade e até sua sexualidade serão postsa em questionamento.

Enquanto transmasculine, o que se espera, al√©m da apar√™ncia viril, √© a performance de g√™nero masculinizada. Entretanto, ter a identidade alinhada ao masculino no espectro de g√™nero n√£o necessariamente significa expressar o que √© pressuposto para o masculino. As diferentes constru√ß√Ķes do que √© ser homem ‚ÄĒ ou estar alinhade √† masculinidade ‚ÄĒ ignora a pluralidade que pertence n√£o s√≥ √† transmasculinidade, mas √† comunidade trans como um todo.

Pessoas transmasculinas não-conformistas de gênero, por exemplo, tem sua expressão de gênero desconectada dos extremos no espectro. Há aquelus cuja expressão de gênero se encontra em um meio mais feminino/afeminado e aquelus que não fazem uso ou não usam somente pronomes masculinos. Nenhum destes exemplos é mais ou menos transmasculino que o outro, pois suas preferências não comprometem as suas identidades.

Ainda que as normas de g√™nero afetem a sociedade como um todo, os questionamentos √† masculinidade de homens cisg√™nero que aderem a moda ‚Äúdesconstru√≠da‚ÄĚ ‚ÄĒ pintando suas unhas, usando roupas e acess√≥rios ditos femininos ‚ÄĒ, por exemplo, n√£o t√™m mesmo peso ou significado que aqueles direcionados a transmasculines.

Um ótimo exemplo disso é o cantor Harry Styles. Como alguém que tem buscado por uma expressão na moda tanto quanto incomum às normas de gênero, os passos de Harry têm sido considerados grandiosos, enquanto a identidade de transmasculines é colocada à prova sempre que expressam sua linguagem na moda com elementos tidos como femininos.

E n√£o √© como se homens cis n√£o pudessem compor uma performance pr√≥pria de como se veem dentro do pr√≥prio g√™nero. Elus podem ser mach√Ķes ou n√£o, musculosos ou n√£o, usar maquiagem ou n√£o, pintar as unhas ou n√£o, e assim por diante. Mas a import√Ęncia dessa discuss√£o est√° em contemplar essas coisas como aceit√°veis √†s pessoas transmasculinas tamb√©m.


Referências: