What (Not) Is Being Pansexual

ūüĆź Translation in progress

A pansexualidade é frequentemente mal compreendida. Por isso, viemos aqui desmistificar algumas das características atribuídas a essa orientação.

1. Ser pan não é (necessariamente) não ter preferência de gênero

Uma pessoa pansexual pode n√£o ter pref√™rencia de g√™nero, mas isto n√£o √© uma regra. Todas as orienta√ß√Ķes sexuais e rom√Ęnticas podem ter prefer√™ncia, e isto n√£o as anula.

2. Ser pan não é atração por objetos, animais ou crianças

A comunidade LGBTQIA+ n√£o acolhe supostas ‚Äúorienta√ß√Ķes‚ÄĚ que n√£o se baseiam em consentimento. A pansexualidade trata da atra√ß√£o por todos os g√™neros, n√£o por tudo

3. Ser pan não é bifobia internalizada

√Č poss√≠vel existir diversas palavras para descrever um mesmo conceito, e a pansexualidade n√£o √© uma forma de apagar ou de n√£o aceitar a bissexualidade. Ambas as identidades possuem a sua import√Ęncia, podendo coexistir.

4. Ser pan não é transfobia

A informa√ß√£o de que a pansexualidade surgiu para englobar pessoas trans √© falsa e, al√©m de ser transf√≥bica ao tratar transgeneridade como um g√™nero √† parte, √© tamb√©m bif√≥bica. Orienta√ß√Ķes n√£o s√£o transf√≥bicas, pessoas s√£o.

5. Ser pan n√£o √© ‚Äúmodinha‚ÄĚ

O termo pansexual n√£o foi criado para se diferenciar dos demais termos existentes, mas sim para descrever um sentimento. Se identificar enquanto pansexual fala sobre encontrar-se em determinada viv√™ncia, n√£o sobre querer um termo ‚Äúcool‚ÄĚ para aparecer.

Ser pan é atração por todos os gêneros, podendo ter ou não preferências.