Assexualidade Gay

Todas as identidades LGBTQIAP+ sofrem com estereótipos e preconceito. Quando há identificação com mais de uma, especialmente quando as crenças populares atribuídas a essas sexualidades/identidades de gênero são antagônicas umas às outras, as discriminações e invalidações costumam ser mais intensas.

Ler mais

Direitos das pessoas com Síndrome de Down 

O dia 21 de março (03) é marcado como o Dia Mundial da Síndrome de Down, por conta da trissomia do cromossomo 21, característica que marca a síndrome. A trissomia do cromossomo 21 é quando, durante a concepção ou no desenvolvimento do embrião, na divisão celular, o par 21 dos 46 cromossomos comumente presentes no ser humano apresenta um cromossomo extra, tornando-se três ao invés de dois, portanto o indivíduo com Síndrome de Down possui 47 cromossomos, algo que já pode ser detectado no primeiro trimestre da gravidez. Isso se dá em todas as células do corpo em 95% dos casos e, em alguns casos mais raros, o cromossomo extra está associado a outro par que não o 21, ou a pessoa apresenta essa variação em algumas células do corpo, mas não em todas. Esse é o distúrbio cromossômico mais comum, presente em 1 a cada 700 nascidos vivos no Brasil. 

Ler mais

O que é Etarismo?

Etarismo é o nome dado ao preconceito relacionado à idade. Embora possa ocorrer com grupos pertencentes a diferentes faixas etárias, o termo é mais comumente relacionado a discriminação contra pessoas idosas. Assim como outros tipos de preconceitos (racismo, sexismo, homofobia etc), o etarismo pode ser observado e manifestado de diferentes formas em ambientes diversos, de maneira explícita ou implícita e até mesmo ser reproduzido pelo próprio grupo afetado por ele.

Ler mais

Pessoas Intersexo AFAB

Intersexo é uma condição de desenvolvimento na qual o indivíduo apresenta características sexuais, hormonais, cromossômicas ou gonadais de ambos os sexos, masculino e feminino. Infelizmente, devido a cisheteronormatividade que rege a sociedade, é muito comum que pessoas intersexo sejam induzidas a cirurgias e tratamento hormonal logo na infância, visando adequá-las ao sexo ao qual foram designadas antes ou após nascer. Geralmente, o sexo de um bebê é atribuído levando em conta apenas sua genitália externa. 

Ler mais

Disforia Sensível à Rejeição

A Disforia Sensível à Rejeição é um sintoma não-oficial, considerado comorbidade de certas neurodivergências, em especial o TDAH e o autismo, é um padrão de comportamento que surge nessas pessoas através da desregulação emocional que essas vivenciam. Apesar de também ser confundida com certos transtornos de personalidade e de humor pelas grandes semelhanças em seus sintomas, acredita-se que pessoas com esses transtornos também possam vir a experienciar esse padrão de comportamento.

Ler mais